Prefeitura estuda parceria com a APIPA para realizar castração gratuita de animais

A Prefeitura de Teresina, através da Fundação Municipal de Saúde (FMS), irá firmar parceria com a Associação Piauiense de Proteção e Amor aos Animais (APIPA) para instalação de centro cirúrgico que fará castração gratuita de cães e gatos. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (04) pelo prefeito Firmino Filho e pelo presidente da FMS, Charles Silveira, durante reunião envolvendo ativistas da causa animal e o vereador Venâncio.

Na ocasião, o prefeito Firmino Filho se manifestou em relação ao vídeo no qual aparece suposta apreensão incorreta de animais por servidores do Centro de Controle de Zoonoses e informou que a FMS já instaurou processo administrativo para apurar o caso. “A partir desse fato, queremos criar a oportunidade de discutir ações de melhorias e defender os direitos dos animais na nossa cidade”.

Outras ações positivas em prol da causa animal foram discutidas na reunião. “Além de celebrar convênio com a APIPA, vamos fazer uma tratativa com o Hospital Veterinário para aumentar a quantidade de castração animal que já é realizada naquele estabelecimento. Nós também criaremos um grupo de trabalho para discutir políticas públicas de proteção animal e qualquer pessoa interessada poderá participar”, afirmou o presidente da FMS, Charles Silveira.

O presidente afirma ainda que a FMS irá definir programa de treinamento para os servidores que atuam no serviço de recolhimento de animais do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). “Os profissionais irão passar por qualificação, para que a apreensão seja feita sempre de modo humanizado, garantindo bem estar aos animais no momento da captura. Essa será uma das nossas estratégias pra melhorar cada vez mais o serviço”, finaliza.

A deputada estadual Lucy Soares (PP) também está contribuindo com propostas de melhorias ao serviço. Ela afirmou que o trabalho em prol da causa animal depende da articulação de diversas instituições e da sociedade. “Os proprietários de animais, por exemplo, devem ter sempre a consciência de que cães e gatos não são objetos, eles são seres sencientes e precisam de uma série de cuidados durante toda a vida”.

Conheça o trabalho do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ)

O CCZ realiza ações de vigilância, prevenção, controle de zoonoses (doenças transmitidos de animais para pessoas), de endemias e de acidentes provocados por animais peçonhentos. “As nossas ações são relevantes para a saúde pública e não se resumem apenas em recolhimento de cães e gatos com potencial de transmitir doenças à população. Temos programas de controle de raiva, dengue, leishmaniose, animais sinantrópicos e roedores”, afirma a gerente do local, Oriana Bezerra.

O CCZ também oferece outros serviços, como a orientação veterinária, a campanha antirrábica e a realização de exames para diagnóstico de raiva e leishmaniose. “Não existe casos de raiva humana em Teresina, graças a um trabalho de vigilância, prevenção e controle de zoonoses. A capital também não registra epidemia de dengue. Sobre a malária, a região não é propícia a ter essa doença, mas mantemos a vigilância”

A gerente ainda informou em quais casos o órgão realiza o recolhimento de animais. “O Centro pode recolher animais em caso de agressões a pessoas para observar se há evolução de algum sintoma da raiva. Passado esse período, se o animal não apresentar evolução dos sinais neurológicos, é liberado para retorno ao domicílio. O recolhimento também acontece se eles forem diagnosticados com alguma doença, como calazar.”

Fonte: Ascom Prefeitura de Teresina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *