Senegal derrota Holanda e se classifica antecipadamente

Senegal venceu a Holanda de virada, 3 x 1, na tarde de hoje (30), em Cariacica, Espírito Santo. Válida pela segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo Sub-17, a partida deu à seleção africana, que chegou a 6 pontos no grupo D, a classificação antecipada para a próxima fase. Já a Holanda sofreu a segunda derrota na Copa.

Os dois primeiros gols de Senegal foram marcados por Saar e o terceiro, por Balde, já nos acréscimos.

Senegal foi o time que mais buscou a vitória durante todo o jogo. Partia em velocidade em cada ataque, mas falhava muito nos passes, facilitando o trabalho da defesa holandesa. A seleção europeia buscava o ataque com menos intensidade, mas oferecia perigo. Foi assim que, aos 10 minutos, Bannis abriu o placar. Após cobrança de escanteio, o camisa 9 da Holanda pegou a sobra de bola e bateu com força, estufando a rede do goleiro Ba.

Os africanos continuaram tentando chegar ao gol e até fizeram um, que o juiz invalidou com auxílio do VAR. O árbitro de vídeo flagrou uma falta no lance. Uma falta desnecessária, de um jogador que sequer participou diretamente do lance do gol.

O segundo tempo começou a todo vapor. Quando a Holanda se deu conta de que a bola estava rolando, o jogo já estava empatado. Antes mesmo do primeiro minuto do segundo tempo, Soulemayne tentou uma jogada em velocidade e perdeu a bola. Saar, no entanto, pegou a sobra e chutou de longe, de fora da área. A bola desviou levemente em Maatsen, tirou o goleiro Raatsie completamente do lance e morreu no fundo da rede.

Senegal continuou tendo mais oportunidades no jogo e perdeu um gol incrível com Amete Faye, de frente para o gol e com o goleiro batido. Mas a recompensa pelo futebol ofensivo e sem medo acabou vindo logo depois. Soulemayne pegou o rebote após uma defesa do goleiro holandês, cruzou para dentro da área, e Diaw foi derrubado por Bogarde quando estava prestes a finalizar para o gol livre. Bogarde foi expulso pela falta cometida e Saar marcou o gol da virada.

A Holanda se lançou toda à frente para tentar o empate, mas os ataques eram desorganizados. E, para piorar, a equipe dava espaço para contra-ataques. E foi assim que Senegal chegou ao terceiro gol, com Balde. Ele recebeu a bola em contra-ataque rápido, driblou o goleiro com muita facilidade e empurrou para o gol vazio. Festa senegalesa em Cariacica.

Vitória francesa

Pelo Grupo C, a França venceu também por 3 x 1, em Goiânia. O primeiro gol francês foi de Muinga, que recebeu um ótimo passe, que furou a defesa e o deixou em condições de entrar na área e finalizar com precisão. O segundo foi um golaço:. Pembele pegou a sobra em uma cobrança de escanteio e acertou o ângulo do goleiro adversário com um belo chute da entrada da área.

O terceiro gol francês foi de Lihadji, também com um chute da entrada da área. O gol de honra da Coreia do Sul foi de Sangbing Jeong. Após a defesa afastar mal o cruzamento, o camisa 11 sul-coreano bateu firme, vencendo o goleiro Zinga. Mas ficou nisso.

Foi a primeira derrota do time asiático na competição.

Fonte: Agência Brasil-EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *