Sesapi realiza ação de prevenção à Sífilis

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), por meio da Coordenação de Doenças Transmissíveis, está realizando durante esta semana atividades dentro da Campanha de Prevenção e Combate à Sífilis no Piauí. Nesta sexta-feira (18), a ação ocorreu na praça João Luís Ferreira, no Centro de Teresina, com testagem grátis da sífilis, aconselhamento, aferição de pressão e glicemia. O evento é feito em parceria com movimentos sociais e tem o auxílio de enfermeiros, psicólogos e demais profissionais de saúde.

Segundo a coordenadora de Doenças Transmissíveis da Sesapi, Karina Amorim, o evento é importante porque é mais uma oportunidade para a população ter informações sobre a doença e fazer a testagem gratuitamente. “O Dia D de combate à sífilis é dia 19, mas durante todo o mês de outubro estamos estimulando os gestores de todos os municípios para se mobilizarem e realizarem ações de saúde para combater a doença. A sífilis está aumentando no Piauí. De 2018 para 2019, os números da doença dobraram. É muito preocupante”, diz ela.

Segundo a presidente da Associação das Prostitutas do Estado do Piauí, Makely Gomes, o evento é muito importante para a conscientização das pessoas sobre a gravidade da doença. “A intenção é detectar a doença para depois tratar. A sífilis está entre as principais doenças que acometem a população da capital piauiense. Precisamos mudar esse quadro”, afirma.

Dados do sistema de informação do Estado apontam que, nos últimos três anos, os números de casos de sífilis têm crescido e reforçam que se deve dar mais atenção e prioridade aos cuidados e prevenção da doença. Segundo dados do boletim, em 2018 foram notificados 2456 casos de sífilis, sendo eles divididos em 871 casos de sífilis adquirida; 696 casos de sífilis congênita e 889 casos de sífilis em gestantes.

 

Fonte: CCom Governo do Piauí