Curso de autodefesa direcionado à população LGBT tem aula inaugural nesta segunda (16)

O curso de autodefesa direcionado à população LGBT, oferecido gratuitamente pela Prefeitura de Teresina, realiza nesta segunda-feira (16), às 19h, sua aula inaugural. A ação acontecerá no Centro de Artes Marciais Sarah Menezes, no bairro Saci, e está inclusa no Plano LGBT municipal. O judô, a capoeira e o karatê estão entre as práticas exploradas pela articulação, que certificará os participantes por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Semel).

O Plano LGBT trata-se de um conjunto de políticas públicas afirmativas, voltados para a garantia dos direitos da população LGBT no município e é articulado pelo Conselho Municipal de Defesa dos Direitos LGBT (CMDLGBT) por meio da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi). Cada secretaria municipal deve contribuir de acordo com sua área de atuação.

A participação da Semel leva em conta os altos índices de violência contra a população LGBT registrados não só no Brasil (onde de janeiro a maio deste ano constatou-se uma morte a cada 23 horas), mas também no Piauí. Segundo o presidente do CMLGBT, Anderson Afeli, o curso de autodefesa não deve ser percebido como uma tentativa de “armar” ou “combater a violência com outra violência”, e sim como uma forma de aumentar a autoestima dessa população.

“O curso é uma forma de combater a LGBTfobia dentro de Teresina. Até então, o Piauí é um dos estados campeões de LGBTfobia: aqui os casos são brutais, onde se mata pelo simples fato de não gostar de LGBTs e isso fere demais nossos direitos humanos. Então é de suma importância este curso de autodefesa, para que se possa sim estar aumentando a autoestima dessas populações que tanto sofrem preconceito no dia a dia”, destacou Anderson.

O Centro de Artes Marciais Sarah Menezes, nomeado em homenagem à judoca medalhista de mesmo nome, está localizado na Av. Dr. Luís Pires Chaves, no bairro Saci. O treinador da atleta, Expedito Falcão, está incluso no corpo docente do curso. Mais informações podem ser obtidas através de contato com o CMDLGBT, por meio do telefone (86) 3221-1841.

 

Fonte: Ascom Prefeitura de Teresina