Governo realiza estudo para levar o projeto Piauí Conectado a Pio IX


Uma equipe da Agência de Tecnologia da Informação do Piauí (ATI) visitou a cidade de Pio IX, distante 427 quilômetros de Teresina, com a finalidade de conhecer os desafios que a população enfrenta para se comunicar, seja via dados móveis, seja via internet, outros, e estudar a viabilidade de implantação de pontos wifi livre para o município, através do projeto Piauí Conectado, desenvolvido pelo Governo do Estado.

piaui conectado

Pio IX possui 17 povoados, dos quais cinco foram visitados e tiveram locais como escolas georreferenciados (mapeamento com dados geográficos) pela equipe técnica, além de fotografados para o estudo de viabilidade. O líder comunitário João Apolônio, fala sobre as dificuldades para realizar seu trabalho junto ao Povoado Sobrado, que fica a 26 quilômetros da cidade, habitado por 100 famílias, aproximadamente.

“Hoje a gente sente uma dificuldade em relação à conexão, à internet. A comunidade tem muito jovem, mais de 80 jovens, mas nem todos tem acesso à internet. Creio eu que é de grande importância para todo mundo, principalmente para o estudo, por essa ser comunidade distante de cidades e a internet traz algo bacana que é essa ligação com o mundo”, conta.

Na zona urbana de Pio IX, a equipe visitou o pólo da Universidade Aberta do Brasil Professor José de Alencar Bezerra. A instituição oferece onze cursos de ensino superior, possui oito salas, sendo cada uma com um computador e ainda um laboratório contando com 30 computadores. A UAB conta com sinal de internet, mas as quedas na conexão são constantes, segundo a coordenadoria.

Maria Jakeline é diretora da Unidade Escolar Francisco Pedro da Silva da comunidade Recreio, a 15 quilômetros de Pio IX, onde há wifi, porém o sinal oscila, principalmente nos dias nublados ou chuvosos. A diretora mostrou à equipe uma antena que já estava instalada. “Esta antena foi instalada por um técnico há cerca de dois anos, porém ficou faltando concluir o serviço e até hoje continuamos sem internet porque ele não voltou para concluir”, fala.

Os demais locais visitados foram a Unidade Escolar Francisco Luis Viana, na comunidade Pau Ferro; U. E. Laurindo Paulo de Oliveira, na comunidade Serra da Baraúna; U. E. José Ricardo de Morais, na comunidade Sobrado e ainda o assentamento Nova Esperança.

Após ouvir a demanda da população e com a conclusão do estudo de viabilidade realizado pela equipe da ATI, o município deve ser atendido com pontos de internet que possibilitarão melhor desempenho do ensino na rede pública do município bem como a inclusão digital dos alunos e comunidade. Atualmente o projeto Piauí Conectado opera em 15 municípios, com pontos de internet monitorados em velocidade da conexão e total de usuários em cada local.

 

Fonte: CCom Piauí