Prefeitura notifica DER e DNIT depois de trecho da BR 343 romper


A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste está notificando o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e o Departamento de Estradas de Rodagem do Piauí (DER), responsáveis pela obra de duplicação da BR 343. Ambos devem apresentar os projetos de drenagem, após rompimento de um bueiro que corta trecho da via.

De acordo com Ângelo Cavalcante, engenheiro e superintendente executivo da SDU, os órgãos são corresponsáveis pela execução das obras de duplicação da BR. “Nós vamos notificá-los para que apresentem os projetos modificados levando em consideração todas as variantes de uma obra dessa proporção, como bacia hidrográfica, área verde e famílias situadas nas proximidades”, disse.

Para Cavalcante, o principal objetivo no momento é garantir a segurança das famílias que foram atingidas pelo rompimento. “Por isso pedimos que os órgãos envolvidos mostrem os planos e projetos de drenagem para verificar se teve ou não impacto”, contou o engenheiro.

Em 2015, o prefeito Firmino Filho sancionou a Lei 4.724/15, que define as diretrizes para o controle dos impactos da drenagem urbana de novos empreendimentos, inundações ribeirinhas e drenagem pluvial.

As novas regras foram elaboradas a partir de diretrizes propostas pelo Plano Diretor de Drenagem Urbana do Município de Teresina, que estabeleceu condições de sustentabilidade para as políticas de drenagem urbana, de obras de curto, médio e longo prazo, necessárias ao equacionamento dos problemas encontrados na drenagem urbana, levando-se em conta os aspectos relacionados ao risco de acidentes, ao meio ambiente, qualidade de vida da população, à conservação do patrimônio público, privado e ambiental, ao histórico de alagamentos da malha urbana.

 

Fonte: Ascom Prefeitura de Teresina