Liam Gallagher: saiba como foi o bom show pré-Lolla (e por que isso pode ser ruim para quem vai ao festival)


Trago uma notícia boa e outra ruim para os fãs de Liam Gallagher que vão ao show do ex-vocalista do Oasis no Lollapalooza 2018, neste domingo (25), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo:

  • ? O “aquecimento” em Interlagos nesta quinta-feira (22) foi legal. No show promocional do “Onix Day”, para donos do modelo de carro e convidados, o vocalista fez show mais forte do que o irmão Noel, com guitarras apitando, voz ok e repertório bem escolhido
  • ? O problema é que Liam roda o mundo no Lollapalooza no esquema bem-me-quer, mal-me-quer. Faz um show ótimo e depois um desastre. Foi assim em 2017 no Lolla Chicago, quando sumiu do palco após mandar bem em noite solo. Na semana passada, ele animou os argentinos e deixou chilenos a ver navios

Pelo menos dessa vez ele tem dois dias para descansar as temperamentais cordas vocais. A maratona seria pior: Liam desmarcou o show solo que faria na quarta (21) em SP. Ele pediu desculpas por isso nesta quinta.

Melhor que o irmão

132a7945

Liam cantou por quarenta minutos: começou às 20h07 e terminou às 20h47 (mesmo tempo de Wiz Khalifa, indicando que deve ser um contrato do evento e que o show principal do domingo provavelmente será maior).

A apresentação é bem diferente (e melhor) do que a do seu irmão e ex-colega Noel, feita há dois anos no Lolla.

Liam escolhe as músicas mais barulhentas do início da carreira do Oasis, de longe a melhor fase da banda, e faz disso a base do show. Sem segredo.

Mas numa coisa os irmãos foram iguais: assim como Noel no ano passado ao abrir para o U2 no Brasil, Liam dedicou uma música (“Supersonic”) a Gabriel Jesus. Ambos são fanáticos pelo Manchester City e gratos pelo trabalho do brasileiro no time.

Os outros músicos fazem o papel de cosplay (tarefa fácil para uma banda descomplicada como o Oasis) e não comprometem.

O vocalista de 45 anos cantou dez músicas: seis dos três primeiros discos do Oasis e quatro do seu primeiro álbum solo, “As you were” (2017).

Foram distribuídos 50 mil ingressos para o Onix Day desta quinta-feira, que também teve Wiz Khalifa e será fechado por LCD Soundsystem.

O show principal de Liam no Lolla será às 18h20 de domingo, no palco principal, logo antes do encerramento com The Killers.

Veja o setlist desta quinta-feira:

  • “Rock and roll star”
  • “Morning glory”
  • “Greedy soul”
  • “Wall of glass”
  • “For what is worth”
  • “Some might say”
  • “You better run”
  • “Wonderwall”
  • “Supersonic”
  • “Live forever”

Fonte: G1