Semel apoia jogador de basquete cadeirante convocado para a Seleção Brasileira


A Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Semel) mantém um convênio de apoio com diversas instituições ligadas ao esporte. Uma desses convênios beneficia os jogadores cadeirantes de basquete do Piauí. Através dessa ajuda, jogadores como Marciel Borges dos Santos, 27 anos, podem alcançar destaque nacional. O atleta é o único nordestino a ser convocado este ano para integrar a Seleção Brasileira de Basquete em Cadeira de Rodas.

basquete em cadeira de roda

Marciel é atleta há sete anos no Piauí e afirma que graças ao apoio da Semel possui a estrutura necessária para participar das competições. “Eu faço parte do Clube de Basquetebol Adaptado – CBA 40 graus, que conta 20 atletas. Todos nós recebemos da secretaria auxílio na compra de passagens para jogos fora do Piauí e também ganhamos cadeiras adaptadas de acordo com a necessidade de cada jogador”, conta.

Para integrar a Seleção Brasileira de Basquete em Cadeira de Rodas, Marciel viajará para a cidade de São Paulo, no dia 2 de abril.  Além do piauiense, outros 13 atletas fazem parte da equipe. Eles são do Estado de São Paulo e um de Goiás.

“Eu fui convocado para a primeira fase do treinamento da seleção, que ocorre no Centro de Treinamento Paralímpico. Caso passe dessa etapa, há a possiblidade de eu representar o Brasil no Mundial de Cadeiras de Rodas, que acontece na Alemanha”, explica. O campeonato citado por Marciel será realizado em Hamburgo, entre os dias 16 e 26 de agosto.

O atleta iniciou sua carreira com vinte anos de idade ao ser convidado para participar do time por um dos jogadores que já fazem parte de uma equipe piauiense.  Atualmente, Marciel faz parte do projeto Basquetebol em Cadeira de Rodas, do Serviço Social do Comércio (SESC), onde continuará até o início do treinamento na Seleção Brasileira.

Sobre o apoio dado pela Semel aos jogadores, o secretário Renato Berger diz que ajuda acontece mensalmente e destaca a habilidade de Marciel Borges. “Através do convênio, a ajuda é repassada mensalmente. Além disso, a prefeitura ajuda dando passagens quando eles precisam viajar.  Sobre Marciel, o time de cadeirantes daqui jogou no ano passado no Campeonato Brasileiro da Segunda Divisão e, por conta da performance no time, Marciel foi convocado para a primeira etapa da treinamento da seleção brasileira”, completa.

 

Fonte: Ascom Prefeitura de Teresina