Equipes de Saúde da Família farão parte do combate ao câncer de mama em Teresina


A Fundação Municipal de Saúde (FMS) e a Fundação Maria de Carvalho Santos darão início ao Projeto Mama Cajuína nesta terça-feira, 20, a partir das 8h, no auditório da FMS, onde haverá reunião com as Equipes de Saúde da Família de Teresina.

O Projeto Mama Cajuína visa garantir o cumprimento da Lei nº 12.732/12, que estabeleceu que o primeiro tratamento oncológico no Sistema Único de Saúde (SUS) deve se iniciar no prazo máximo de 60 dias. Em 2017 foram realizados 9.263 mamografias em Teresina através do SUS.

“As Equipes de Saúde da Família são peças fundamentais para que o projeto funcione bem, pois são elas que realizarão o primeiro atendimento às mulheres e são elas também que farão os encaminhamentos necessários para a realização dos primeiros exames”, explica Luiz Ayrton Santos, da Fundação Maria Carvalho.

O Projeto Mama Cajuína objetiva, principalmente, garantir que todas as mulheres de Teresina, na faixa etária de 40 a 69 anos, tenham a oportunidade de realizar mamografia e as condutas em cima do resultado dos exames no prazo estabelecido em lei.

Segundo o presidente da Fundação Municipal de Saúde, Sílvio Mendes, toda a rede credenciada do Sistema Único de Saúde em Teresina, juntamente com as Unidades Básicas de Saúde e a rede hospitalar do município serão mobilizados para garantir o êxito do projeto.

“A cidade será dividida em quadrantes para dar maior agilidade e controle dos atendimentos. Nós gestores temos a obrigação de garantir uma saúde ágil e de qualidade. O projeto Mama Cajuína vai garantir a maior cobertura de exames de mamografia com diagnóstico e garantia de tratamento através do SUS. Este é um direito das mulheres e nós estamos unindo forças para garantir o tratamento no menor espaço de tempo”, diz Sílvio Mendes.

No Piauí tem crescido o número de casos de Câncer de Mama. Em 1992, foram registrados 100 casos e em 2017 foram 630, segundo a Fundação Maria Carvalho Santos.

 

Fonte: Ascom Prefeitura de Teresina