Projeto Rondon retoma ações no Piauí em 2019


O projeto Rondon deve voltar às atividades no Piauí em 2019. Em reunião, nesta quinta-feira (15), na Residência Oficial, o governador Wellington Dias, acompanhado da secretária de Estado da Educação, Rejane Dias, tratou da retomada do projeto com o comandante do 25º BC, coronel Nixon Lopes.

projeto rondon

O projeto Rondon é desenvolvido pelo Ministério da Defesa, que deve enviar representantes ao Piauí no mês de março. “Aqui acertamos de receber a representação da coordenação do programa, do projeto Rondon. Estamos agendando para a participação deles também na fase da Cidade Inteligente, uma programação que está sendo feita por volta do dia 14 de março, na qual o Estado vai participar na área de segurança”, explicou o governador.

Estudantes que estão na fase final da universidade em áreas diversas como saúde, meio ambiente, ciências agrárias, informática, educação e outras áreas sociais, poderão participar do projeto que propicia a atuação nas regiões mais necessitadas do país. “Atualmente o projeto Rondon possui diversas iniciativas em andamento, com destaque no estado do Mato Grosso. O Piauí já participou do projeto e a ideia é que preparemos em 2018 e definamos quais as cidades deverão participar”, informou o coronel Nixon.

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) deverá integrar a educação básica com as universidades. “Vamos colocar as nossas escolas públicas, nossos professores e alunos, à disposição, de forma que a gente possa integrar. É um projeto muito interessante que está sendo resgatado no sentido de universitários poderem atuar nos municípios com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), levar médicos, levar enfermeiros, pessoas da área de informática para os municípios. Quem ganha é a população mais carente”, destacou Rejane Dias.

Projeto Rondon

Desenvolvido desde a década de 60 pelo Ministério da Defesa, em parceria com governos estaduais, municipais e Instituições de Ensino Superior (IES) públicas e privadas, o Projeto Rondon contribui para a formação do jovem universitário como cidadão e para o desenvolvimento sustentável nas comunidades carentes.

Para saber mais acesse www.projetorondon.defesa.gov.br/portal/

 

Fonte: CCom Piauí