Adutora do Litoral e Barragem de Atalaia são garantias para 2018


O governador Wellington Dias apontou, em reunião nesta quinta-feira (9), com o diretor-geral do Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi), Geraldo Majela, tratativas para a conclusão de obras de abastecimento hídrico, no litoral e no extremo sul do estado.

adutora do litoral

Dentre as obras que estão a cargo do Idepi, a Adutora do Litoral e a Barragem de Atalaia são prioridades para o governo. No litoral são investidos mais de R$ 50 milhões no sistema de distribuição hídrica, que deverá ser entregue até o fim do primeiro semestre. “Com a adutora, vamos resolver todo o problema de abastecimento de água e dar condições para implementar e crescer o turismo na região”, avalia o governador.

Com um investimento de R$ 80 milhões, a Barragem de Atalaia vai beneficiar os municípios da região de Corrente e Sebastião Barros, no sul piauiense. Paralisada em 2013 e reativada em junho do ano passado, a obra está em fase de conclusão, com o sangradouro da barragem e o reassentamento da população da área alagada em andamento.

“A obra vai garantir a perenização dos rios Corrente e Paraim, oferecendo água nos períodos de seca. São um conjunto de soluções que prometem gerar renda e melhores condições de vida para a população”, destacou Dias.

Cronograma de obras

Wellington também se reuniu nesta quinta com a equipe de gestores de infraestrutura. Além do Idepi, pastas como as Secretarias de Estado dos Transportes, Cidades, Infraestrutura, Governo e Fazenda programam para o fim de fevereiro a exposição do cronograma de obras para 2018.

“Acertamos com a nossa equipe, para a semana do dia 23, logo após o Carnaval, termos atualizado o conjunto das obras estruturantes. São obras que têm um impacto para o estado.  Rodovias, pontes, uma barragem e uma adutora. Temos também situações sociais, como escolas regionais, escola técnica, hospitais, ou seja, com isso teremos a condição de planejar o ano de 2018, para trabalhar a geração de emprego, geração de renda, em todas as regiões do estado e todos os municípios”, explicou o governador.

 

Fonte: CCom Piauí