Jim Carrey não será julgado pelo suicídio da ex-namorada


uase três anos após ser acusado de ter contribuído para o suicídio de sua ex-namorada, Cathriona White, o ator Jim Carrey conseguiu solucionar a questão na Justiça. Segundo informa oThe Hollywood Reporter , a batalha nos tribunais que se desenhava desde 2013 e que poderia ganhar força por causa de uma recente denúncia sofrida por Carrey não ocorrerá porque o caso foi arquivado no dia 25 de janeiro.

Os advogados de ambas as partes – Carrey também tinha entrado com uma ação na Justiça, acusando White e depois seus familiares de tentativa de extorsão – declinaram realizar maiores comentários sobre o processo. De acordo com o representante jurídico do protagonista de Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças , Carrey espera colocar o assunto no passado e seguir em frente com a sua vida.

Atualmente, o comediante prepara-se para retomar a parceria com o diretor Michel Gondry na série Kidding e também é o produtor responsável por I’m Dying Up Here . E recentemente, o ator também foi um dos principais focos do documentário Jim & Andy, não-ficção sobre a profunda relação desenvolvida por Carrey com seu personagem no filmeO Mundo de Andy , o falecido e excêntrico comediante Andy Kaufman.

 

Fonte: Terra.com