Funcionários da SEMEC reclamam de atraso de dois meses no salário


O ano começou no aperto para funcionários de uma empresa terceirizada que presta serviços para a Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec). Isso porque, de acordo com os próprios servidores, o atraso nos salários já chega a dois meses, dificultando até mesmo o pagamento dos custos que os funcionários têm para se deslocar ao trabalho.

Segundo uma funcionária terceirizada que preferiu não ser identificada, os salários dos meses de novembro e dezembro, que, pela lei, deveriam ter sido depositados respectivamente nos meses de dezembro e janeiro, não caíram nas contas dos trabalhadores. Por conta disso, os funcionários reivindicam que a empresa contratada pela Semec regularize os pagamentos.semec1515869310

 

“Nós já ligamos para lá diversas vezes, mas eles não nos dão nenhuma informação. Quando nós ligamos, eles dizem para conferirmos nas contas se o dinheiro caiu. E a gente se vira, às vezes sem ter nem o dinheiro da passagem para ir ao banco, e quando chega lá não tem nada”, relata uma das funcionárias.

O portal O Dia tentou entrar em contato com a empresa terceirizada, mas as ligações não foram atendidas.

Por meio da sua assessoria de imprensa, a Semec informou não há notificação de atraso do pagamento por parte da Semec. “Às vezes emperra na Sema [Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos] ou na própria empresa. Mas no que diz respeito ao financeiro da Semec, está regularizado”, informou o órgão.

Fonte Portal O Dia