Altos perde primeiro amistoso antes do Nordestão


A primeira exibição do Jacaré em casa no ano de 2018 não foi como o torcedor esperava. Por mais que tenha sido um amistoso e ainda que a atuação do Altos não tenha sido um desastre, ninguém queria derrota no Felipão.

A chateação do altoense deve ser compensada no futuro, se o time resolver a falha de marcação que gerou no gol do 4 de Julho o quanto antes.

Aos 13 minutos, na cobrança de escanteio, Raphael Freitas estava sozinho do outro lado da trave e nem se esforçou muito para cabecear.

Lá na frente, nosso representante na Copa do Nordeste tem de fazer as pazes com a pontaria. E a ausência do atacante Manoel, lesionado, não pode servir de desculpa.

No primeiro tempo, veio a melhor chance de gol do Altos no jogo: aos 30 minutos, Dos Santos recebeu o cruzamento da esquerda e chutou na trave. Ele mesmo, no fim da etapa, também cabeceou com perigo por cima do gol.

Na volta do intervalo, o 4 de Julho ainda levou perigo, mas não na mesma proporção que o Altos. Se no estádio Felipão só chuviscou, na área do Colorado choveram bolas o tempo inteiro.

Foram muitas chances desperdiçadas pelo time comandado por Waldemar Lemos, em especial após a entrada de Dudu Trindade – o atacante cearense chegou na segunda-feira e já mostrou serviço.

Os goleiros Naylson, ex-River, e depois Tom, que entrou no segundo tempo, se encarregaram de segurar o placar do amistoso, que na reta final parecia jogo de campeonato, com os dois times empenhados e buscar o gol.

As duas equipes voltam a se enfrentar no sábado (13), às 19h, em Piripiri. Mas o jogo de hoje já serviu para mostrar que o 4 de Julho, ainda em formação, vai dar trabalho no Campeonato Piauiense. E que o Altos precisa acertar a pontaria.

 

Fonte: Cidadeverde.com