Lixo Zero faz cerca de 1.150 autuações em todo ano de 2017


O programa Lixo Zero intensificou, ao longo de 2017, a fiscalização em todas as regiões de Teresina com o propósito de coibir os lixões e o descarte inadequado de resíduos em calçadas e no meio da rua. As equipes de fiscalização fizeram, durante todo o ano, cerca de 1.150 autuações, sendo 358 na zona leste, 353 na sul, 258 na norte e 175 na sudeste.

Segundo o coordenador do programa, Felipe Gomes, a população vem aproveitando o período da noite para continuar fazendo o descarte irregular. “Nossos trabalhos são executados durante todos os dias da semana, nos turnos manhã e tarde, e em zonas alternadas. No entanto, percebemos que a maior parte do lixo é de caráter doméstico e o descarte é realizado à noite. Então, apesar das diversas rondas e campanas que são feitas nos locais, há uma incidência constante de deposição irregular de resíduos. Por isso, seguimos traçando estratégias para coibir essas ações”, avalia.

Dentro das ações do Lixo Zero também está o trabalho de conscientização sobre a correta destinação dos resíduos. Aliado à fiscalização, é importante que a população contribua, principalmente utilizando o serviço de coleta domiciliar para descartar esse tipo de lixo e aquele tipo de resíduo proveniente de podas de árvores ou materiais e móveis inservíveis devem ser jogados nos Pontos de Recolhimento de Resíduos, os conteineres espalhados em todas as regiões da cidade.

“O ano foi de bons resultados, pois conseguimos montar um mapa das áreas de maior deposição irregular e enfatizar as ações da equipe para evitar o despejo de lixo em vias públicas. Seguimos tentando oferecer uma Teresina mais limpa, mas temos que contar com a mudança de hábito da população, para que os munícipes não tornem a repetir os mesmos erros de descarte incorreto de resíduos”, finaliza.

 

Fonte: Ascom Prefeitura de Teresina