Central de Transplantes do Piauí registra crescimento na captação de múltiplos órgãos


A Central de Transplantes do Piauí teve um crescimento no números de captações de múltiplos órgãos, em 2017. No total, foram realizados 26 procedimentos, um aumento de 85% em comparação aos números de 2016, quando foram feitos 14 procedimentos.

Outro avanço foi na quantidade de doação de rins e córneas, que também superaram o ano anterior. Foram 189 doações, sendo 159 de córneas e 30 de rins.

central de transplante

Para a coordenadora da Central de Transplantes do Piauí, Maria de Lourdes Veras, esse aumento ocorreu, principalmente, devido ao trabalho de todos envolvidos no processo de captação e doação.

“Sem dúvida nenhuma, o empenho da nossa equipe foi fundamental para que pudéssemos ter esse avanço nas doações e captação. Sem falar das campanhas educativas, que puderam levar mais esclarecimento à população, sobre a importância de ser um doador de órgãos e tecidos”, lembra a coordenadora.

A Central de Transplantes do Piauí também superou o número de órgãos disponibilizados para outros estados. No ano de 2016, foram enviados 12 órgãos, já em 2017, foram disponibilizados 35.

“O órgão ou tecido é colocado à disposição para outro estado, quando não há receptor compatível no Piauí. Da mesma forma que enviamos, também recebemos de outras unidades da federação”, explica Lourdes Veras.

Em 2018, o objetivo da Central de Transplantes do Piauí é intensificar o treinamento da equipe envolvida em todo o processo de captação e doação.

“O ano de 2017 foi muito bom, em números de doações e captação. Para 2018, nosso principal objetivo é investir ainda mais no treinamento e capacitação da nossa equipe, para que possamos superar ainda mais esses números”, ressalta a coordenadora.

 

Fonte: CCom Piauí