Vereadores reelegem Jeová Alencar para presidente com um ano de antecipação


A Câmara de Teresina decidiu em sessão plenária eleger a mesa diretora em eleição antecipada nesta quinta-feira(16). 17 vereadores estavam presentes e votaram a favor da eleição da nova mesa diretora. 12 vereadores se ausentaram. O atual presidente Jeová Alencar (PSDB) foi reeleito para continuar à frente do Poder Legislativo Municipal no biênio 2019/2020 que começa somente daqui há 13 meses.

Os faltosos podem ter atendido o pedido do prefeito Firmino Filho, que pediu para a base não comparecer à eleição.

A eleição decidida na sessão de terça-feira(14), com um feriado no meio, foi realizada nesta quinta(16), em tempo recorde. A nova mesa terá como vice-presidente Major Paulo Roberto (SD), segundo vice-presidente Zé Nito (PMDB) e 1º secretário Fábio Dourado (PEN).

Ainda fazem parte da composição os vereadores Cida Santiago (PHS), Ítalo Barros (PTC), Deolindo Moura (PT), Dr. Lázaro (PPS) e Venâncio (PP).

Presidente Jeová Alencar (PSDB)
Vice: Major Paulo Roberto (SD)
2° vice Zé Nito (PMDB)
1° secretário  Fábio Dourado (PEN)
2° secretário Cida Santriago (PHS)
3° secretário Italo Barros (PTC)
4° secretário Deolindo Moura (PT)
5° secretário Dr Lázaro Carvalho (PPS)
6° secretário Venâncio (PP)

Corregedor: Enzo Samuel (PCdoB)
Ouvidor: Edilberto Borges – Dudu (PT)

 

O presidente reeleito comentou a vitória. “Fomos pra o diálogo e conseguimos a eleição de forma tranquila como estava prevista”.

Segundo o presidente, a antecipação da eleição não foi nenhum tipo de resposta ou retaliação ao Palácio da Cidade, que estaria tentando manter algum tipo de influência ou poder sobre decisões na casa legislativa e seria contra a nova eleição.

“De forma alguma, todo mundo sabe da admiração e respeito que tenho prefeito Firmino Filho, faço parte do grupo político do prefeito. Essa Casa é independente, os poderes são independentes e harmônicos entre si e o que aconteceu aqui foram apenas questões administrativas. Alguns vereadores decidiram que sim, outros não. A gente respeita os votos contrários. Fizemos tudo com a maior transparência e tranquilidade”, garantiu Jeová.

O presidente admite que o Executivo exerce força política porque tem uma base e maioria na Câmara, mas que isso não impede a independência da Casa. Jeová disse que respeita a decisão dos pares que votaram contra o requerimento e também garantiu que não sofrerão retaliação por terem se posicionado contra a reeleição.

“É natural. A gente não agrada a todos, mas todos têm nosso respeito e da nossa parte, não vão sofrer nenhum tipo de retaliação até porque essa Casa é supra partidária e cada vereador tem todo o direito de votar de acordo com a sua consciência”.

O vereador Dudu (PT), autor do requerimento que solicitava a realização da antecipação da eleição, afirmou que se o prefeito Firmino Filho tentou exercer algum poder de influência para impedir a votação, “deu com os burros n’água”. Para ele, seria uma estratégia equivocada do Palácio da Cidade, pois pretendia manipular o direito de voto de cada vereador, o que acabou não vingando.

Votos a favor da nova Mesa Diretora:

  1. Caio Bucar
  2. Deolindo Moura
  3. Dudu
  4. Enzo Samuel
  5. Fábio Dourado
  6. Gustavo Gayoso
  7. Gustavo Carvalho
  8. Ítalo Barros
  9. Joaquim do Arroz
  10. Zé Nito
  11. Dr. Lázaro
  12. Venâncio Cardoso
  13. Luís André
  14. Major Paulo Roberto
  15. Cida Santiago
  16. Teresa Britto
Dudu propositor da mudança da eleição e ouvidor na mesa eleita

 

 

Fonte: Cidadeverde.com