II Feirão de Automóveis do Servidor começa nesta segunda (13)


Teve início nesta segunda-feira (13) o II Feirão de Automóveis do Servidor Público Estadual do Piauí, uma parceria com o Banco do Brasil, concessionárias de veículos e lojas de seminovos de todo o estado. É uma oportunidade para o servidor realizar o sonho de comprar seu carro. O feirão prossegue até 26 de novembro.

sec franze silva

O público-alvo são todos os servidores públicos do estado, policiais militares, bombeiros, ativos, inativos, comissionados e pensionistas dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, advogados regularmente inscritos na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/PI), qualquer profissional de Contabilidade, inscrito no Conselho Regional de Contabilidade (CRC-PI), jornalistas filiados ao sindicato da categoria e servidores das prefeituras municipais.

O II Feirão de Automóveis do Servidor Público Estadual possibilita o financiamento em condições especiais para compra e troca de veículos novos e seminovos. O financiamento pode ser feito em até 60 meses com 100% do valor do veículo. Entre as outras vantagens estão a carência de até seis meses para o pagamento da primeira parcela, a possibilidade de não pagar a parcela em dois meses por ano e taxas especiais a partir de 0,99% junto às instituições financeiras.

Segundo o secretário de Estado da Administração e Previdência, Franzé Silva, a iniciativa, além de fazer a economia girar, fomenta recursos para o Fundo de Previdência. “Pelo menos 0,5% de todo o volume de vendas será aportado no fundo de previdência a título de taxa de administração”, afirma o gestor, acrescentando que a segunda edição do feirão entra para o calendário estadual de eventos.

O secretário disse que as instituições credoras não estão cobrando tarifas de cadastro ou avaliação. “O débito vai ser feito em conta corrente sem a necessidade de boletos e com a oportunidade do servidor utilizar o CDC Consignado e/ou CDC Salário para auxiliar na entrada e complementar o financiamento do veículo”, esclareceu  Franzé.

 

Fonte: CCom Piauí