SeadPrev anuncia novo prazo para Atualização Cadastral; confira


A Secretaria de Administração e Previdência (SeadPrev) anuncia novo prazo para que todos os servidores estaduais ativos, inativos e pensionistas que não realizaram a Atualização Cadastral compareçam à Secretaria para atualizar os dados. O procedimento deve ser feito de forma presencial até o dia 29 de novembro, seguindo o cronograma de atendimento por ordem alfabética.

Os servidores deverão ficar atentos para não perder esta nova oportunidade dada pelo Governo do Estado. A Atualização Cadastral iniciou em 22 de Junho e se estendeu até 22 de outubro. Posteriormente, foi aberto novo prazo para os remanescentes até 6 de novembro. “Esta é a última chance para que os servidores não fiquem sem receber o salário do mês de dezembro”, explica o secretário Franzé Silva.

O secretário ressalta que foi montada toda uma logística durante os quatro meses de Atualização Cadastral para garantir atendimento aos servidores com conforto e tranquilidade. “Eles podiam atualizar os dados, através de um link, que foi disponibilizado durante meses, sem necessidade de correria ou atropelos”, lembra. Agora, como cerca de 9.300 servidores não atualizaram os dados, a Secretaria teve que fazer uma nova estruturação para receber os servidores. “O processo que era digital passou a ser presencial”, explica ele.

“Recomendo a todos os servidores que para o atendimento presencial tenham em mãos originais e cópias autenticadas de um documento oficial de identificação com foto, CPF, comprovante de residência com CEP válido, além de contracheque ou documento que contenha a matrícula”, descreve. De acordo com o Franzé, essas providências vão agilizar o atendimento.

Os servidores que iniciaram a atualização e não concluíram todas as etapas do recadastramento, ou não obteve a validação do documento, continuam inadimplentes e devem procurar a Secretaria de Administração. Apenas os servidores que emitiram o comprovante de regularidade ao final do procedimento estão com o recadastramento válido.

Os servidores que não atualizarem os dados ficarão sem salário até a regularização obrigatória da ficha cadastral. Caso o bloqueio do salário persista por três meses, a SeadPrev vai abrir procedimento administrativo que pode resultar na exoneração definitiva do servidor o banco de dados do Governo do Estado.

 

CONFIRA O CRONOGRAMA DE ATENDIMENTO

A 13 / 11
B  

14 / 11

C
D
E 16 / 11
F 17 / 11
G  

20 / 11

H
I
J 21 / 11
K  

22 / 11

L
M  

 

23 a 28 / 11

N
O
P
Q
R
S  

 

 

29 / 11

T
U
V
W
X
Y
Z

 

 

 

Fonte: CCom Piauí