Encontro de Folguedos é aberto com grupos culturais e shows na Vila Olímpica


A 41ª edição do Encontro Nacional de Folguedos foi aberto nesta ultima quinta-feira (24), na Vila Olímpica do Albertão. O evento que já é tradicional no calendário cultural do estado conta com shows musicais, apresentações de bumba meu boi, capoeira, quadrilhas, concurso de grafite e comidas típicas. A vice-governadora Margarete Coelho e o secretário de Estado da Cultura, Fábio Novo, fizeram a abertura oficial do evento.

folguedos albertão

O palco “De repente”, onde são realizados os shows, recebeu, nessa primeira noite, João Cláudio Moreno, Giullian Monte e as bandas Cavaleiros do Forró e Kangas do Forró. Já o palco “Cordel Encantado” recebeu 13 apresentações, entre elas, grupos afroculturais, bumba meu boi, repentistas, alunos da Escola Estadual de Dança Lenir Argento e quadrilhas.

“Esse evento é o extrato do que tem de melhor na nossa cultura popular, e dentro da semana do Folclore, estamos recebendo grupos de vários estados do Nordeste e diferentes tipos de manifestações culturais”, conta o secretário Fábio Novo.

O tema deste ano, “Cordel: o Piauí em versos”, faz homenagem ao cordelista Pedro Costa, poeta que dedicou a vida à literatura de cordel no Piauí. Uma tenda foi montada no evento com exibição de vídeos sobre a trajetória e legado que o cordelista deixou para a cultura do estado. O concurso de grafite também segue o mesmo tema e tem premiação de R$ 3 mil para o primeiro colocado, R$ 2 mil para o segundo e R$ 1mil para o terceiro.

“Eu acho esse tema muito relevante e é uma temática que eu já venho trabalhando durante o ano no grafite. O cordel faz parte da nossa cultura”, conta o grafiteiro Lucas Martins, um dos participantes do concurso.

O artesanato piauiense está representado na Feira “Embolada”, com estandes de vendas e o visitante também pode encontrar várias opções de comidas típicas na praça de alimentação.

O Encontro Nacional de Folguedos é uma realização do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult).

 

Fonte: CCom Piauí