FMS viabiliza ampliação do atendimento oncológico do HU


O Hospital Universitário de Teresina (HU) vai oferecer serviços de triagem, diagnóstico e tratamento do câncer além de ampliar as áreas das especialidades atendidas através do SUS. A informação é do presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Sílvio Mendes, que esteve reunido ontem (22), em Brasília, com o presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), Cleber Moraes.

Segundo o presidente da FMS, Sílvio Mendes, o HU passará a atender outros tipos de câncer em 13 especialidades diferentes. “Hoje o atendimento está restrito a apenas cinco tipos de doenças (pulmão, próstata, tireoide e ginecológico). Com isso, mais pessoas passam a ser atendidas e, em breve, será realizado um mutirão para atender mais de 750 pacientes. “Hoje em Teresina temos uma dificuldade muito grande no que diz respeito à demanda de pacientes para o diagnóstico de câncer. Com o mutirão, queremos zerar a fila de espera que hoje existe na capital”, disse.

Para atender a nova demanda dos pacientes com câncer o Hospital Universitário  contará com um novo ambulatório oncológico com previsão de atendimento mensal de 160 pacientes para triagem e mais 390 pacientes já diagnosticados, que poderão iniciar ou dar continuidade ao tratamento da doença.

Participaram da reunião com o presidente da EBSERH, o senador Ciro Nogueira, a gestora do SUS em Teresina, Vitória Urbano, o diretor do Hospital Universitário, José Miguel, o Secretário de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde (SAS), Francisco Figueiredo e o técnico da SAS, Sérgio Costa.

 

Fonte: Ascom Prefeitura de Teresina