Secretário de Saúde garante pagamento dos vigilantes da Sesapi


O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, recebeu nesta tarde de segunda (21), o desembargador Manoel Edilson Cardoso, juiz coordenador do Núcleo de Conciliação do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), da 22ª Região, para definir o calendário de pagamentos dos 168 vigilantes contratados por meio de empresa terceirizada e que atuam na Secretaria de Estado da Saúde. Com os repasses de pagamentos já feitos pela Secretaria ao Núcleo, os empregados da Servi-San vão receber seus salários de maio e junho, diretamente na conta bancária, e que serão depositados por intermédio da Justiça do Trabalho.

sesapi 1

“A prioridade é o pagamento dos empregados”, declarou Florentino. “Há um esforço entre a Secretaria de Saúde e o Núcleo de Conciliação em atualizar o pagamento dos vigilantes, de maio e junho, meses em que a empresa terceirizada estava em atraso junto aos seus empregados. O desembargado vai buscar agilizar, junto ao Banco do Brasil, os procedimentos para que, no mais breve espaço de tempo, os empregados recebem seus salários”, frisa.

Florentino esclarece que os repasses de contratos estão sendo realizados para o Núcleo de Conciliação, que deve efetuar o pagamento diretamente na conta do servidor. Para isso, o TRT vai entrar em contato com o banco para agilizar esse pagamento, como explica o desembargador. “O Banco do Brasil será acionado para colocar nas contas dos trabalhadores, no menor tempo possível, seus salários”.

Os 168 vigilantes são contratados pela empresa Servi-San, que atuam tanto na sede como em outros órgãos vinculados à Secretaria de Saúde, além de hospitais da rede estadual na capital e no interior. O pagamento dos salários desses empregados resolve uma problemática com a empresa terceirizada, que mesmo recebendo as faturas de prestação de serviços, não repassava o pagamento dos salários aos vigilantes contratados.

 

Fonte: CCom Piauí