Parnahyba recebe dinheiro da Copa do Brasil e quita salários atrasados do clube


O Parnahyba caminha para terminar o ano no azul. O clube pagou os salários atrasados do elenco vice-campeão estadual e também do grupo que disputou a Série D do Campeonato Brasileiro, eliminado na segunda fase da competição. O Tubarão recebeu R$ 200 mil de antecipação da cota da Copa do Brasil do próximo ano e quitou o débito relacionado à folha de pagamento de atletas, comissão técnica e profissionais do CT Petrônio Portela.

– Alívio. É um peso, uma ladeira que saiu das costas. Pagamos todos que trabalharam conosco no Campeonato Piauiense e na Série D, foram 36 pessoas. Isso nos deixa aliviado para dar sequência ao trabalho. Também com esse dinheiro pagamos alguns fornecedores, diminuindo a dívida em 70% – comentou o presidente Batista Filho.

Elenco da campanha vice-campeã do Piauiense teve salários quitados. Foto: TV Clube
Elenco da campanha vice-campeã do Piauiense teve salários quitados. Foto: TV Clube

Sem o peso dos salários atrasados, o Parnahyba se programa para receber mais verba em caixa – e avançar à fase de grupos da Copa do Nordeste é a principal receita. Com a derrota no Pedro Alelaf por 1 a 0, o time volta a jogar na terça-feira, contra o CSA, no jogo de volta. Precisa de uma vitória para a classificação, o que representaria um ganho de R$ 500 mil (o clube já tem R$ 250 mil garantidos pela participação no pré-Nordestão.

– Não penso nos R$ 250 mil porque vamos ganhar R$ 750 mil. Achei o nosso time bem, gostei. Pegamos gols que levamos no Campeonato Piauiense e na Série D, de bola parada, com desvio. É uma falha que vamos consertar e acredito na nossa vitória lá (no Rei Pelé). Falei com eles (elenco) sobre a premiação em caso de classificação e digo hoje que ela será dobrada se formos para a fase de grupos – afirmou Batista.

O Parnahyba pega o CSA na terça-feira, às 21h, no Rei Pelé. Esse é o último compromisso do time profissional em 2017 – a equipe sub-21 disputa a Copa Piauí, que vale vaga na Série D do Campeonato Brasileiro. Para garantir classificação no Nordestão, o Tubarão precisa vencer no Rei Pelé. Placar de 1 a 0 leva para os pênaltis.

 

Fonte: Globoesporte Piau