Nova Ceasa é modelo de sucesso para outros estados


O governador Wellington Dias recebeu nesta ultima sexta (11), a visita do presidente da Associação Brasileira de Abastecimento (Abracen), Gustavo Fonseca, e do presidente da Confederação Brasileira das Associações e Sindicatos de Comerciantes em Entrepostos de Abastecimento (Brastece), Waldir de Lemos. Eles trataram sobre o modelo de Parceria Público aprovada (PPP) instalado na Nova Ceasa e que em apenas 86 dias  já se tornou modelo de sucesso para todo o Brasil e que vem chamando a atenção de gestores de outros estados. Pela manhã, os gestores conheceram as instalações da Nova Ceasa, conversando com os permissionários.

ceasa

O presidente da Abracen, Gustavo Fonseca, revelou que o modelo de PPP realizado pelo Governo do Estado do Piauí é um divisor de águas para as Centrais de Abastecimento em todo o país e espera que o mesmo possa inspirar outros estados para que façam melhorias substanciais. “Já visitei muitas Centrais de Abastecimento não só no Brasil, mas na França, Paris, Bélgica e confesso a vocês que por onde andei ainda não tinha visto um modelo tão organizado como este”, declarou.

O presidente da Brastece, Waldir Lemos, também ficou impressionado com a Nova Ceasa. “No Brasil, só faltava conhecer as Ceasas do Piauí e do Maranhão. Conhecendo agora a Ceasa do Piaui consigo afirmar com certeza que este é um modelo inovador e que o Governado do Estado, os permissionários e população estão de parabéns. Já estou organizando um encontro com o Governador do Rio de Janeiro para mostrar tudo que vimos aqui”, disse o gestor da Ceasa do Rio de Janeiro.

De acordo com Wellington Dias, o processo foi difícil e o que tem feito lograr êxito é a união com todos os envolvidos no projeto. “Todo o processo foi feito ouvindo os permissionários, que foram envolvido em toda a articulação. Tanto que eles mesmos defenderam o Projeto na Assembleia Legislativa”, ressaltou o governador.

Para Dias, o novo modelo de gestão possui atividade típicas do Estado, mas coloca pessoas com a expertise necessária para cuidar do negócio. “Não é razoável o Estado ficar cuidando do comércio . À medida em que a gente faz da forma correta, estruturando e deixando a gestão para quem entende do assunto, deixamos de ter um custo anual e também trazemos desenvolvimento e qualidade” disse.

A superintendente de Parcerias e Concessões do Estado do Piauí (Suparc),Viviane Moura, explicou que ainda serão implantadas outras etapas do Projeto, mas as intervenções já feitas tornam perceptíveis as melhorias, principalmente, em relação a limpeza, segurança, organização do trânsito, estabelecimento de horário de funcionamento. ” Tudo mudou para melhor e é possível ver o entusiasmo dos permissionários e também dos frequentadores”.

Reunião do Conselho Gestor de PPPs

Nesta sexta (11) também foi realizada a 12ª Reunião Extraordinária do Conselho de Parcerias Público Privada, que reuniu diversos órgãos. Para tratar de novos projetos que já estão em fase de estudos para a implantação a exemplo da Concessão do PIAUÍ Conectado, a primeira PPP do mundo em fibra ótica, que deverá unir as 11 regiões do Estado com 5 mil quilômetros de fibra ótica, com internet de capacidade de 64 gigabytes, que deve ser licitada em breve. Também foram tratadas sobre a gestão dos resíduos de saúde, Transcerrados.

 

Fonte: CCom Piauí