Na Bolívia, promessa feminina do Piauí defende Brasil na Copa Pacífico de Natação


Convocada para a Copa Pacífico, a nadadora Maria Eduarda encerrou os treinos em Teresina e viaja para Sucre, na Bolívia, onde participa pela primeira vez de uma competição nacional. Representando o Brasil, Maria Eduarda não escondeu o nervosismo. Destaque da natação piauiense, ela foi convocada depois das medalhas de bronze nas finais dos 50m livre e no revezamento 4x50m livre misto do Troféu Milton Medeiros de natação disputado no Recife, em Pernambuco.

bolivia

-Estou ansiosa, nervosa. É normal. Em todas as competições eu fico, isso é uma nova experiência. Tenho amigos que já foram, falaram que é para aproveitar ao máximo. Então, é ótimo. Vou levar muita força para competir lá – comentou Maria, aos 15 anos.

Com pontos fortes nos 50m e 100m livre, além do revezamento, Maria Eduarda será acompanhada pelo técnico Emanoel Menezes.

-Ela está preparada. Vamos lá não para brincar, mas para brigar por medalhas. Conseguiremos controlar a ansiedade dela e a nossa. Vamos nos preocupar que ela traga um bom resultado, mas sem deixar ela ainda mais ansiosa – defendeu o treinador.

 

A Copa Pacífico começa na quarta-feira. Seleções da Colômbia, Chile, Equador, Peru, Bolívia, Paraguai, Uruguai e os convidados Panamá, Costa Rica, Guatemala, Nicarágua e El Salvador participam da competição.

Fonte: Globoesporte Piauí