Governador autoriza barragem para Betânia e perfuração de poço em Fronteiras


O governador Wellington Dias autorizou, nessa quinta-feira (10), a abertura de licitação para construção de uma barragem, capaz de resolver a questão da escassez de água no município de Betânia do Piauí. Orçada em R$ 5 milhões, a reserva, a ser implantada na localidade Madeira Cortada, terá capacidade de armazenar 5 milhões de metros cúbicos de água. É mais um esforço do governo para minimizar os efeitos da seca que assola a região semiárida.

gov

“Sozinhos não conseguiríamos encaminhar essas obras. Dependemos, e muito, dessa parceria com o Governo do Estado. Facilita o desenvolvimento para melhorarmos a vida das pessoas”, comemorou o prefeito de Betânia, Fábio Macêdo.

Em audiência com o governador, o prefeito teve atendidos ainda, requerimentos para recuperação de 22 km da estrada que leva a Santa Filomena (PE); construção de 2 mil m² de asfalto para a sede do município; além da cessão de uma ambulância e uma viatura policial para Betânia.

Fronteiras

Fronteiras é outra cidade contemplada. O governador autorizou a perfuração de poços no município para retirar do subsolo a água que falta na zona urbana. O açude Barreiras, principal reserva d’água da cidade, está secando, a exemplo de outros mananciais em municípios vizinhos.

“Estamos nos socorrendo no açude Piaus, que logo vai secar também. As chuvas não foram suficientes para encher. Agradecemos ao governador pela autorização dos poços em caráter de urgência”, disse Gernílson Ricardo, presidente da Câmara de Vereadores de Fronteiras.

gov 1

Em audiência com o chefe do Poder Legislativo municipal e com o líder político, Genílson Sobrinho, Wellington autorizou ainda a construção de 10 mil m² de calçamento nos bairros Panorama e Ribeirão; melhoramento na estrada vicinal que liga o povoado Alecrim à fábrica de cimento Itapissuma; e regularização de ligações elétricas clandestinas no bairro Acampamento.

 

Fonte: CCom Piauí