Lojas do Centro ficam abertas até as 18h na véspera do Dia dos Pais


A proximidade do Dia dos Pais, que será comemorado neste domingo (13), aumenta a movimentação nas lojas em busca do presente ideal. E para impulsionar as vendas e atender a população que não tem tempo durante a semana, neste sábado (12), as lojas do Centro de Teresina ficarão abertas até às 18 horas, é o que afirma Tertulino Passos, presidente do Sindicato dos Lojistas do Comércio do Piauí (Sindilojas).
A estudante Tatielle Lima iniciou a busca pelos presentes logo cedo, porque precisa presentear seu pai, marido e também o sogro. Por conta do grande número de pessoas que precisa presentar, a pesquisa é mais intensa e, para Tatielle, os preços ainda não estão acessíveis. Além disso, a estudante também reclama da falta de variedades de produtos, principalmente com a proximidade da data comemorativa.
“Estou procurando sapato e carteira, porque é muito difícil encontrar coisa para homem. Além disso, a gente vê muita diferença entre os preços, entra numa loja é um preço, vê o mesmo modelo em outra loja já é outro”, aponta.
Na loja onde Francisco Farias é gerente de vendas, a aposta para a data são os telefones celulares e, por isso, o estabelecimento está investindo na divulgação das diversas promoções desses produtos. Segundo o gerente, a procura pelo produto já está intensa e as facilidades, como a possibilidade de parcelamento e descontos à vista, atraem a clientela.
Apesar da preocupação com a crise, Francisco Farias acredita no sucesso das vendas por conta das datas comemorativas impulsionarem o comércio. “A gente está com desafio de crescer em relação ao ano passado. Nós temos perspectiva positiva e, para o Dia dos Pais, acreditamos que vamos ter aumento de 2 a 3%, no máximo, já que vendemos produtos mais caros, como os celulares, e que as pessoas precisam se programar para comprar”, finaliza.
Já Gilmar Martins, gerente de uma loja de sapatos de Teresina, acredita que o período irá impulsionar as vendas em até 40%. “As pessoas começaram a procurar [presentes] desde a semana passada e vai intensificar mais na véspera. Em relação aos dias normais, deve aumentar de 30 a 40%”, aposta o gerente.
Expectativa 
Segundo Tertulino Passos, em 2017, os lojistas estão confiantes e acreditam que o período registrará aumento de 3% em relação às vendas do ano passado. “A expectativa é de fazer bons negócios, porque a atividade econômica está começando a dar uma reagida. Nossa aposta para o Dia dos Pais é na parte de calçados e cintos e depois vêm camisas e eletrônicos”, fala o presidente do Sindilojas.
Fonte: Portal O Dia