Tribunal do México permite folga remunerada para funcionárias em dias de menstruação


O México, seguindo os passos do Japão, de Taiwan, da Indonésia e da Coréia do Sul, é mais um país a entrar para a turma dos que concedem folga para a mulher no período da menstruação. Funcionárias do Tribunal Administrativo e Fiscal do Estado terão direito a um dia de folga por mês, caso precisarem se ausentar por conta de dores menstruais.

A medida começou a valer no último dia 30 de junho, e surgiu devido a uma necessidade interna, conforme explicou Myrna García Morón, presidente do Tribunal. Ainda de acordo com Myrna, o projeto valerá também para mulheres na menopausa e homens na andropausa, visando a qualidade de vida em geral dos funcionários, além da igualdade de gêneros.

Mas para conseguir o afastamento remunerado, não basta fazer a solicitação ao gestor responsável. A cada seis meses, é necessário levar um atestado médico alegando que os sintomas da menstruação, menopausa ou andropausa são intoleráveis e fora de um padrão normal.

Imagens © Reprodução/StockSnap

Fonte: Hypeness