Lixo Zero realiza mais de 500 autuações no primeiro semestre de 2017


Nos primeiros seis meses do ano, o Programa Lixo Zero realizou 504 autuações em Teresina, com as ações de fiscalização para evitar o descarte irregular de lixo na cidade. A zona mais autuada foi a Sul (156), seguida pelas zonas Leste (151), Norte (111) e Sudeste (86).

De acordo com o coordenador do Programa Lixo Zero, Felipe Gomes, a maior parte das autuações que ocorrem na zona Sul é devido ao descarte irregular de resíduos na rua Jacob Martins, bairro Santa Luzia. “Esse é um dos pontos que consideramos ser um dos mais críticos da cidade. A rua fica localizada próxima à várias sucatas, oficinas mecânicas e empresas de ônibus, assim, a maior parte das autuações é contra esses tipos de empresas. Porém, muitas pessoas físicas também já foram autuadas”, declara.

Os resíduos depositados irregularmente são, em sua maioria, lixo doméstico, pneus, podas e sucatas. “Outro problema que estamos lidando na região é com a incineração do lixo. Nós acreditamos que, como várias empresas já foram multadas e sabem como nós realizamos a fiscalização, aquelas que ainda descartam lixo na via estão incinerando os resíduos para que não sejam encontradas evidências pelas nossas equipes”, conta Felipe Gomes.

A equipe do Lixo Zero trabalha diariamente, nos turnos manhã e tarde, e em zonas alternadas para fiscalizar toda a cidade. Dependendo da infração, a equipe realiza a autuação, a notificação, a apreensão, a condução ao Ponto de Recebimento de Resíduo (PRR) ou a infração de trânsito.

Segundo o coordenador do Lixo Zero o trabalho de fiscalização acontece ainda no intuito de conscientizar e educar a população sobre a importância de dar a correta destinação ao lixo. “O nosso ponto principal é trazer informações para a população, com o objetivo de educar e conscientizar os moradores, para que eles não tornem a repetir os mesmos erros de descarte incorreto do lixo. Assim, a população também trabalha em conjunto, informando e denunciando irregularidades”, finaliza Felipe Gomes.