Centro Integrado de Segurança integra Polícia Civil, Militar e Bombeiros no litoral


Com mais policiais civis, militares e bombeiros no litoral piauiense, o Centro Integrado de Segurança atende a população numa estrutura montada entre as praias de Atalaia e Coqueiro, em frente ao Sesc Praia na PI 116. De 20 a 31 de julho, o cidadão pode contar com as forças da Segurança Pública do Piauí, iniciativa lançada, nesta quinta-feira (20), com as presenças do secretário da Segurança Pública, Fábio Abreu; do comandante geral da PMPI, cel Carlos Augusto; delegado geral de Polícia Civil, Riedel Batista, major Rivelino, comandante do 2º BBM; prefeito de Cajueiro da Praia, Girvaldo Albuquerque e demais autoridades civis e militares.

Segundo o delegado geral, Riedel Batista, o principal objetivo do Centro Integrado é transmitir a segurança para quem vem ao litoral e disponibilizar essa estrutura para primeiros atendimentos, como registros de boletins de ocorrência. “É um local onde os turistas têm uma referência de fácil acesso e bem localizado, uma solicitação da população devido ao grande sucesso no Carnaval e novamente estamos aqui à disposição”, afirmou.

A Companhia Independente de Policiamento Turístico (Ciptur) recebe um reforço importante de efetivo neste período de férias e veraneio, escalando diariamente cerca de 80 policiais em locais de movimentação turística. ´´Nas festas, nas praias, nas aglomerações de pessoas terão a presença da Polícia Militar. O Centro Integrado entre as praias de Atalaia e Coqueiro é muito positivo para atender quem precise fazer a informação ou registrar uma ocorrência ou até mesmo a autuação de alguém´´, ressaltou o comandante da Ciptur, major Pacífico.

O Trânsito também terá uma atenção especial com atuação da CIPTran – Companhia Independente de Trânsito e do BPRE – Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual no sentido de salvar vidas. De acordo com o major Wattson, o policiamento de trânsito adota uma nova roupagem que visa, primeiramente, à abordagem às pessoas e ao veículo na busca de drogas e armas, por último a parte administrativa de trânsito.

O delegado Eduardo Ferreira, titular da Regional de Parnaíba, ressalta os investimentos da Secretaria da Segurança com a implantação das Delegacias de Homicídios e de Crimes contra o Patrimônio. ´´A Delegacia de Crimes contra o Patrimônio é a primeira do Estado e podendo expandir a todo o Piauí, em fase ainda embrionária, mas já colhendo bons resultados. A Delegacia de Homicídios está avançada na resolução de crimes no litoral e o mais importante, ganhamos a confiança da população, com uma equipe motivada com as novas funções de combate a drogas e ao homicídio’’, lembra o delegado.