Lava Jato recupera R$ 1 bilhão em 10 dias de três investigados, diz MPF


Em 10 dias, duas empresas investigadas pela Operação Lava Jato e o empreiteiro Marcelo Odebrecht devolveram aos cofres públicos quase R$ 1 bilhão, segundo o Ministério Público Federal (MPF). Os valores foram devolvidos entre 26 de junho e 6 de julho deste ano.

Conforme divulgado pelo Ministério Público Federal nesta sexta-feira (7), Marcelo Odebrecht devolveu R$ 73,4 milhões; a Braskem devolveu R$ 736,5 milhões, e a Andrade Gutierrez R$ 94 milhões. A restituição faz parte dos acordos de leniência e de colaboração feitos com a força-tarefa da operação.

Nos acordos de leniência e de colaboração, as empresas e as pessoas envolvidas assumem a participação em um determinado crime e se comprometem a colaborar com as investigações, além de pagar multas, em troca de redução de punições.

“Além disso, por meio dos acordos de leniência, as empresas colaboradoras assumiram o compromisso de implementar e aperfeiçoar programas de conformidade, em linha com modernos instrumentos de combate e prevenção à corrupção”, diz a força-tarefa da Lava Jato.

Fonte: G1