Governador recebe investidores da área de produção leiteira


O governador Wellington Dias recebeu, nessa quarta-feira (28), o sócio conselheiro da CBL Alimentos – Betânia, Luiz Prata Girão. Ele veio ao Piauí tratar sobre uma possível instalação da Betânia no Piauí. Os municípios de Lagoa do Piauí, Luzilândia e Guadalupe serão avaliados para receber a empresa.

O governador requisitou ao Instituto de Terras do Piauí (Interpi) um levantamento de áreas entre 600 a 1000 hectares apropriadas para produção de leite. “Estamos aqui numa tentativa de fortalecer a bacia leiteira no estado, trabalhar as condições e o potencial que o Piauí tem para ampliar a produção. Nós produzimos pouco leite ainda, considerando o tamanho do consumo e apoiamos a vinda dessa empresa, assim como fazemos com outras”, assegurou Wellington.

O chefe do Executivo estadual destaca ainda a necessidade de industrialização e a importância em produzir, por exemplo, o leite longa vida e, futuramente, o leite em pó. Estima-se que o Piauí consuma, por dia, entre 800 mil a 1 milhão de litros de leite de diversas formas. A Betânia se colocou disposta a trabalhar no Piauí e, em um primeiro momento, atingir uma produção de aproximadamente 100 mil litros de leite.

Durante a reunião, foi acertado um calendário de visitas de representantes da empresa ao estado. O governador designou uma equipe que irá tratar com a Betânia para ajuda-los no andamento dessas prospecções.

“Estamos satisfeitos com a receptividade do governador, a sua atenção com empresariado disposto a investir. Convidamos a equipe do Governo do Estado para conhecer como é feito o trabalho no Ceará. Estamos dispostos a fazer essa parceria”, declarou o empresário Luiz Prata Girão.

 

CCom