Wellington busca parceria com grupo israelita para dessalinização de água


O governador Wellington Dias teve audiência, nessa terça-feira (25), em Brasília, com a presidente do grupo israelita Mitrelli, Daniela Morshe, para tratar da implantação de projeto-piloto no Piauí na área de abastecimento em municípios que sofrem com o fato da água ser salobra.

Dentre as especialidades do Grupo Mitrelli estão os projetos de dessalinização, irrigação e reuso da água. De acordo com Wellington, a proposta é trabalhar um projeto-piloto baseado na experiência de Israel e, de acordo com os resultados alcançados, poder implantar nos municípios piauienses, universalizando o acesso à água de qualidade.

“São 12 municípios piauienses que ainda não temos uma solução para o abastecimento. Tem água, mas é salinizada. Destaco municípios como Marcolândia, Betânia, Cajueiro da Praia, Cristalândia, dentre outros onde há a necessidade de trabalhar alternativas. Em alguns lugares, a gente conseguiu localizar uma barragem, garantir as condições de adutoras, mas em outros não. Aqui nessa parceria com o governo de Israel e investidores queremos ver os resultados e os custos dessa operação para que siga o padrão que permita as condições de uma taxa sustentável”, explica Dias.

O governador ressaltou que o grupo israelita também demonstrou interesse em outros projetos piauienses, a exemplo dos pequenos barramentos no Semiárido que vai garantir o desenvolvimento da fruticultura, da piscicultura e a recarga dos lençóis freáticos. “Este projeto também tem uma vertente socioambiental e se a gente tiver um parceiro importante vamos andar mais rápido”, comentou Wellington.