Temer se reúne com ministros e deputados para discutir reforma da Previdência


O presidente Michel Temer se reuniu na manhã desta terça-feira (11) com ministros e parlamentares da base para discutir mudanças na reforma da Previdência. Titulares e suplentes da comissão especial que discute o assunto na Câmara foram convidados para um café da manhã no Palácio do Planalto.

Nesta segunda-feira (10), já havia ocorrido uma outra reunião sobre o tema, com os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, da Secretaria de Governo, Antônio Imbassahy, e do Planejamento, Dyogo Oliveira. Na semana passada, o governo admitiu flexibilizar cinco pontos do texto original.

A reunião de segunda durou cerca de três horas, mas sem consenso sobre uma das principais mudanças, que prevê maior abrangência na regra de transição para os trabalhadores que devem ficar de fora das novas regras para se aposentar. A previsão era de que no café da manhã com Temer, fossem apresentadas alternativas ao texto original.

De acordo com o blog do Camarotti, Maia sugeriu estabelecer uma idade mínima de aposentadoria aos 55 anos para os trabalhadores que forem incluídos na regra de transição. A medida obrigaria que aqueles que tiverem reunido condições suficientes para se aposentar antes disso precisariam continuar trabalhando até essa idade.

O relator da proposta na Câmara, deputado Arthur Maia (PPS-BA) saiu da reunião desta segunda dizendo que a proposta estava fechada e que seria levada nesta semana para os líderes discutirem com suas bancadas na Câmara. O ministro Padilha, no entanto, negou que a proposta já estivesse fechada. “Eu digo que ainda não está pronta”, afirmou.

Fonte: G1