Primeiro na lista de ‘marcados para morrer’ é executado


O primeiro nome da suposta ‘lista de marcados para morrer’ foi executado nesta segunda-feira (10). Lucas Ataíde Sousa, conhecido como ‘DeManaus’, foi assassinado com pelo menos 11 disparos de arma de fogo. O crime aconteceu no conjunto Paulo de Tarso, região da Santa Maria da Codipi, zona Norte de Teresina. Os suspeitos tentaram encobrir pistas e inclusive recolheram todos os estojos das munições. Uma lista contendo vários nomes que estariam supostamente marcados para morrer circulou o início da semana passada na capital.

“Por volta das 17h20, dois elementos encapuzados chegaram no local e efetuaram vários disparos de arma de fogo. Ele estava escondido porque havia tido um problema no bairro Água Mineral”, disse o capitão Mendes, do 13º BPM.

‘DeManaus’ era conhecido por vários crimes como assaltos e até mesmo homicídios. Entre as possíveis vítimas de Lucas Ataíde está Eros Silva Oliveira, 29 anos, morto com um tiro na cabeça após sair de uma casa de show na zona norte de Teresina, na madrugada do dia 13 de setembro de 2015. As informações são das polícias Civil e Militar.

A vítima possuía uma deficiência física na perna e estava de passageiro em um mototáxi na companhia da companheira, quando foi surpreendido pelos tiros. O crime ocorreu em um posto de gasolina no bairro Aeroporto.

No mês passado, ‘Demanaus’ foi preso após ter confessado ter enviado um áudio via WhatsApp com ameaças a policiais. Na ocasião, ele denunciava a existência de milicianos em Teresina. Um dia após sair da delegacia, ele foi baleado, mas resistiu.

Até o momento, nenhum dos suspeitos foi preso. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios.

 

*Informações Cidade Verde