Detentos da Irmão Guido apresentam espetáculo teatral no 4 de Setembro


Formado por mais de 30 detentos da Penitenciária Regional Irmão Guido, o projeto de teatro Espelho da Realidade apresentará o primeiro espetáculo no dia 02 de maio, às 19h30, no Theatro 4 de Setembro, em Teresina. A ideia central da peça “Justiça” é relatar as histórias de vida de personagens bíblicos que foram injustiçados pela sociedade na época em que viveram.

O diretor e produtor do espetáculo, Valdsom Braga, explica que a peça é inspirada pela passagem bíblica Hebreus, capítulo 13, versículo 3: “Lembrai-vos dos encarcerados, como se estivésseis aprisionados com eles; e todos aqueles que sofrem maus tratos, como se vós pessoalmente estivésseis sendo maltratados”.

Na visão de Valdsom, que é também coordenador de Projetos Artísticos da Secretaria de Estado da Justiça, “Jesus ensinou que as crenças são modificadas pela fé e não pelos fatos. Ele não veio ao mundo para condenar ninguém nem queria que as pessoas se sentissem mal a respeito de si mesmas. Ao contrário, desejava que elas se sentissem amadas por Deus”.

A peça é inspirada pela passagem bíblica Hebreus ( Foto: João Allbert)

“Temos que aprender com os erros, mas não podemos deixar que a autocondenação nos faça crer que sermos maus é um fato absoluto que não pode ser mudado. Jesus queria que as pessoas se livrassem da condenação, não que ficassem presas a ela. Queremos que as pessoas reflitam sobre a justiça de Deus e a dos homens”, analisa Braga.

Segundo o diretor, qualquer um poderá se beneficiar com o espetáculo, independente de crenças religiosas, ao compreender conflitos internos e que mudanças verdadeiras só ocorrem de dentro para fora, uma vez que a maioria de nossas decisões é tomada em razão do que sentimos ou acreditamos.

Durante as aulas do projeto Espelho da Realidade, na Irmão Guido, ocorrem momentos de reflexão em que os reeducandos compartilham um pouco de suas histórias de vida. “Essa será a primeira vez que esses homens saem para uma apresentação fora da penitenciária e contamos com o público para prestigiar o trabalho desenvolvido por eles”, finaliza Valdsom.

O figurino da peça, feito de material reciclado, foi confeccionado pelos próprios

Espetáculo “Justiça”( Foto: João Allbert)

detentos e pelo diretor do espetáculo. A peça Justiça será encenada por oito atores do projeto Espelho da Realidade e, também, duas atrizes do projeto Mulheres de Aço e de Flores, da Penitenciária Feminina de Teresina. O valor arrecadado com ingressos será destinado a projetos de ressocialização.