Aparelho do Google cai no interior do Piauí e moradores acharam que era um OVNI


Populares deram conta de ser um objeto não identificado que estava rondando os céus da região desde a madrugada anterior

Um equipamento do projeto Loon, do Google, caiu nas proximidades da Comunidade Santana, na zona rural de Buriti dos Montes, município localizado a 250 km ao norte de Teresina, e assustou moradores da região na manhã desta sexta-feira (17/02).

Teve quem dissesse que seria um OVNI (Objeto Voador Não Identificado). Populares deram conta de ser um objeto não identificado que estava rondando os céus da região desde a madrugada anterior. O objeto tinha o nome “Austrália’ e a numeração 175 escritos.

Equipamento do Google que caiu em Buriti dos Montes (Foto: Campomaioremfoco)

A Polícia Militar foi acionada e constatou ser um equipamento de testes do Google. Faz pate do projeto Loon do Google em que são enviados aparelhos que sobrevoam comunidades rurais e mais pobres de todo o mundo. Possui cerca de 15 m de diâmetro e serve para fazer testes de Internet, levando a rede para as áreas mais remotas do mundo.

São equipamentos com sinais wi-fi. No balão que caiu em Buriti dos Montes haviam antenas de rádio, computadores de voo, sistema de controle de altitude e painéis solares. Os balões são hermeticamente fechados e voam na estratosfera a 20 quilômetros do solo e podem ficar no ar por até 100 dias. Os balões do Projeto Loon flutuam na estratosfera, subindo ou descendo por uma camada de vento que sopre na direção desejada.

Ninguém saiu ferido. Segundo o Google há um monitoramento para que esses aparelhos caiam em locais onde não há presença de moradores. Um desse balões já caiu em Goiatuba, no Sul do Estado de Goiás, em outubro de 2016. Na época, o Google disse em nota que a queda do aparelho é esperada, e que o balão havia completado um voo de testes, afirmando que a aterrissagem foi controlada pelos técnicos da empresa e que por isso não ofereceu nenhum risco para pessoas da área.