Governo e Caixa assinam termo para investimentos de R$ 5 bilhões


Reunião com executivos da Caixa Econômica Federal(Foto:Paulo Barros)
Reunião com executivos da Caixa Econômica Federal (Foto:Paulo Barros)

O governador Wellington Dias se reuniu com o vice-presidente de Habitação da Caixa Econômica Federal, Nélson Antônio Souza, nesta sexta, 28. Na ocasião, ambos assinaram o termo de cooperação para os estudos de viabilidade de projetos e garantia de financiamento de cerca de R$ 5 bilhões para ParceriasPúblico-Privadas (PPPs) investirem em diversas áreas.

Os projetos apresentados incluem a modernização do metrô de Teresina através da instalação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), a universalização do saneamento básico do interior do estado, aeroporto de Teresina, Porto de Luís Correia, Ferrovia Meio Norte e Rodovia Transcerrados. “Temos trabalhado na estruturação de diversos projetos de PPPs, que são essenciais para a promoção do desenvolvimento econômico”, pontuou o governador.

No encontro, ficou acertado ainda a criação de um grupo de trabalho para atuar de forma integrada a área da construção civil, com a Caixa Econômica e os órgãos do Estado. “Precisamos de uma condição incentivadora, com redução de custos e/ou de burocracia para que trabalhemos em dois grandes projetos”, destacou Wellington Dias.

Os projetos são O Minha Casa, Minha Vida 3, para a faixa de renda de famílias que ganham 1,5 salários mínimos por mês e o programa de financiamento de material de construção para as famílias que queiram ampliar e reformar suas casas.

“Acertamos ainda um cronograma para um contrato de empréstimo, algo em torno de R$ 300 milhões, voltados para infraestrutura”, atentou o vice-presidente, Nélson Antônio Souza.

Nomeada como coordenadora do grupo de trabalho, a vice-governadora Margarete Coelho planeja solucionar os entraves que dificultam os investimentos no setor da construção civil. A grande dificuldade que temos no desenvolvimento de determinados setores é esse encontro entre a disponibilidade de recursos a serem investidos na área e o trajeto que o empresário tem que percorrer ate chegar ao empréstimo. Este grupo de trabalho irá procurar soluções a fim de que a construção civil do estado possa, através desses investimentos, produzir mais, e gerar emprego e renda”, esclareceu.

Na próxima terça-feira, 1º, Wellington se reunirá com o presidente Michel Temer para dialogar diversos pontos, dentre eles, a necessidade de medidas para ampliar investimentos públicos, através da continuidade de obras, novas obras, garantia de crédito ao setor público e privado e de uma política de redução de juros.

 

Fonte: CCom Piauí