UFPI recebe carta de reivindicações de estudantes que ocupam a reitoria


Da Redação

Reitor Arimatéa Dantas e alunos que ocupam a reitoria. Foto: Moura Alves/ODia
Reitor Arimatéa Dantas e alunos que ocupam a reitoria. Foto: Moura Alves/ODia

Ocupada desde o último dia 18, a Universidade Federal do Piauí recebeu esta semana uma carta contendo as reivindicações dos manifestantes. O documento de nove páginas pede diversas melhorias para a comunidade acadêmica e solicita soluções junto à instituição.

A carta também pede que a Univerisdade se posicione em relação às medidas adotadas pelo governo Temer como a Proposta de Emenda Constitucional 241 (PEC do Teto de Gastos), a Medida Provisória 746 (Reforma do Ensino Médio) e o projeto de lei 257 (renegociação das dívidas dos Estados com a União).

“A Administração Superior deve analisar e avaliar as demandas da pauta para dar resposta a cada um dos itens da carta apresentada pelo movimento.Sugerimos que a comunidade acadêmica possa se manifestar e contribuir com a discussão.” diz a publicação realizada no site oficial da instituição.

Confira a carta na íntegra

A carta também trata de questões específicas da UFPI. Entre elas estão o pedido de criação de uma secretaria para combater opressões na instituição e a implantação de banheiros unissex e diversas melhorias na assistência aos estudantes, nos restaurantes universitários, biblioteca, residência universitária e laboratórios. A carta também trata de preocupações com acessibilidade e segurança nos campi.

 

*Com informações do Cidade Verde