Atriz Alexia Dechamps ataca nordestinos e causa polêmica em audiência


Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A atriz Alexia Dechamps está sendo acusada pelo deputado federal Pedro Vilela, do PSDB de Alagoas, por ofensas a nordestinos. O político usou seu perfil no Instagram para relatar uma confusão ocorrida durante a audiência pública na Câmara dos Deputados, em Brasília, para discutir uma proposta sobre a regulamentação das vaquejadas no país, nesta terça-feira, 25. Alexia, conhecida nas redes sociais pela defesa dos direitos dos animais, estava presente, e segundo Pedro, ela teria declarado ao público presente: “Calem a boca, que eu já pago Bolsa Família para o Nordeste”.

“Acabo de denunciar, em Plenário, o ato preconceituoso, que ao meu ver deve ser enquadrado como crime de racismo, cometido pela atriz Alexia Dechamps, durante audiência pública que debatia a regulamentação da vaquejada. Ao virar-se ao público, majoritariamente nordestino, e dizer “Calem a boca, que eu já pago Bolsa Família para o Nordeste”, a artista desrespeitou um povo que muito trabalha para o crescimento do Brasil. Não podemos admitir nenhum tipo de preconceito, seja ele qual for. Enquanto parlamentar e nordestino já estou tomando as medidas judiciais cabíveis. Exigimos punição exemplar a essa senhora e a qualquer outra pessoa que tenha comportamento semelhante. #Nordeste #Alagoas”, declarou ele na rede social.

Ao EGO, a atriz afirmou, nesta quarta-feira, 26, que estava em uma reunião em Brasília com advogados e se defendeu: “Obviamente, as coisas não são como estão sendo contadas. Foi completamente tudo deturpado”.

Alexia Dechamps rebateu a acusação do deputado federal Pedro Vilela, do PSDB, na tarde desta quarta-feira, 26. “Repudio a atitude do deputado Pedro Vilela, do PSDB alagoano, de atribuir a mim palavras desrespeitosas contra o povo nordestino durante audiência pública sobre a regulamentação da vaquejada. Mais do que isso, abomino sua postura oportunista de aproveitar-se de um falso embate com uma pessoa pública, atriz profissional, para conseguir mídia fácil e destacar-se diante de seu eleitorado”, disse no comunicado enviado para a imprensa.

Fonte: Ego