Operação Latronum prende quadrilha que roubava a bancos há 15 anos no Piauí


A Polícia Civil desarticulou na madrugada de hoje (26) uma quadrilha especializada em roubo de bancos e tráfico de drogas. O grupo atuava no Piauí há cerca de 15 anos e é apontado como responsável por vários ataques a caixas eletrônicos em Teresina durante as últimas semanas. A informação é o delegado Carlos César Camelo, coordenador do  Grupo de Repressão ao Crime Organizado, GRECO.

A operação, batizada de Latronum (ladrão, em latim), cumpre sete mandados de prisão, 12 de busca e apreensão e dois de condução coercitiva. Já foram presas sete pessoas, sendo duas na semana passada e cinco hoje com os mandados expedidos.

Foram presos Marcelo Henrique e Paulo Iran na semana passada e  hoje foram detidos o empresário e líder do grupo, Francisco das Chagas Morais (conhecido como Cerqueira); seu filho, Jefferson Cerqueira, Francisco Leite do Nascimento, Francisco Daniel da Rocha Pinheiro e Cássio Fernando Gomes de Oliveira, que é genro do empresário.

Um mandato de busca e apreensão foi expedido para a propriedade do empresário, que fica na cidade de Caxias no Maranhão. Já foram encontrados revólveres, espingardas, munição e coletes balísticos. A ação da operação já resultou em três veículos apreendidos, duas armas de fogo recolhidas e duas conduções coercitivas.

O grupo atuava fazendo roubos a comércios, traficando drogas e realizando explosões de caixas eletrônicos na capital e interior do Piauí. A empresa mantida por Cerqueira, uma loja de produtos automobilísticos em Teresina, seria de fachada e funcionaria para lavar o dinheiro proveniente das ações criminosas, segundo informou o delegado Carlos César.

Com informações do Portal O Dia