Estudantes recebem orientações de projeto do Ceir


Pense Bem Trauma
Pense Bem Trauma. Foto:Ascom Ceir

Os alunos da escola estadual Professor Antônio Tarcísio Pereira e Silva, localizada no bairro Santa Bárbara, zona Leste da capital, já estão contando os dias para as férias. Mas, antes disso, o projeto Pense Bem Trauma levou, nesta sexta-feira (8), algumas orientações para um grupo de 40 crianças e pré-adolescentes.

O projeto é desenvolvido em parceria com o Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) para conscientizar crianças, jovens e adultos sobre a prevenção de acidentes que provocam traumas na cabeça e na coluna, uma das maiores causas de tratamento na instituição.

Segundo a enfermeira do projeto, Cristiane Rocha, cada vítima grave de trauma custa cerca de 100 mil reais aos cofres públicos. “No Ceir, por exemplo, existe um grande número de pacientes em reabilitação por causa de traumas que podem ser evitados com cuidados básicos no dia a dia”, afirma.

Acidentes de trânsito são a maior ocorrência de traumas, seguidos de quedas, violência, esportes e outros. Essa e outras informações chamaram a atenção do David Lucas, 11, anos. “Aprendi a tomar alguns cuidados ao praticar esporte”, diz o garoto, que adora jogar futebol.

O Projeto Pense Bem Trauma atua gratuitamente em escolas municipais e estaduais do Piauí. Para solicitar uma palestra, basta entrar em contato com (86) 3198 1500.

 

Fonte: Ccom Piauí